Maçom luzilandense morre em Teresina vitima da Covid-19 - BLOG DO ILDER COSTA

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Maçom luzilandense morre em Teresina vitima da Covid-19



No Facebook, Núbia Santos postou a seguinte mensagem: "Poxa dói muito quando perdemos alguém especial pra gente! Nosso amigo Cardosinho hoje nos deixou. Uma pessoa muito amável, sempre nos tratou com todo respeito e carinho. Uma das primeiras pessoas a abrir as portas pra Cabine Dupla em Teresina. Obrigada por tudo Cardosinho que Deus lhe receba de braços abertos. Você sempre irá fazer parte dos nossos corações e do nosso repertório que você fazia questão de zelar.  Obrigada por tudo  #luto".

Faleceu hoje no Hospital Unimed de Teresina, onde estava internado há 20 dias, acometido de COVID 19, BERNARDO CARDOSO JUNIOR, 70 anos de idade. CARDOSO era natural de Luzilândia, nascido em 11.07.1949, filho de Agripino Cardoso e de Bernarda Rodrigues Cardoso, vulgo "BINECA".
"CARDOZINHO", como era mais conhecido entre os amigos, foi funcionário do Banco do Estado do Piauí-BEP, tendo trabalhado nas agências de Esperantina,  União, São Pedro e Teresina, tendo sido por muitos anos o gerente da agência de Uruçui. Bernado Cardoso Junior deixa viúva a Sra.  Lúcia Portela, com quem gerou 04 filhas:  Janaina, Jaira, Jaqueline e Juliana. 
Dos 04 irmãos, Francisco das Chagas Rodrigues Cardoso, vulgo "Chico Cardoso, foi proprietário da famosa banda de musica Pontinhas de Saudades e depois, da Banda Status, estando vivas hoje apenas as irmãs  Socorro e Lina Rosa. Como maçom, foi Venerável Mestre da Loja Fraternidade Vale do Parnaiba nº 15 e atualmente era membro da Loja Aristeu Tupinambá. Ultimamente, às terças feiras, realizava festas no clube dos professores e exercia a atividade de barbeiro no bairro mocambinho, de Teresina.
Os avós paternos de Cardoso se chamavam Deoclécio Rodrigues da Silva e Dona Lina Rosa Rodrigues, vulgo "Nanoca". Segundo os mais idosos, seu avô, Deoclécio,  tinha a melhor caligrafia dentre as pessoas de Luzilândia e região. Mesmo escrevendo com caneta tinteiro, mata borrão, e era muito querido pelo povo Luzilandense. Eles moravam próximo a antiga intendência e do motor que fornecia energia elétrica para cidade.
Dentre as irmãs de Cardoso, citamos também A senhora conhecida por "Netinha", filha do primeiro matrimonio de seu pai. "Netinha" era esposa de Adolfo Leão.
A irmã Socorro Cardoso, por residir no Rio de Janeiro, não poderá vir para o sepultamento, o mesmo ocorre com a senhora "Netinha", por residir em Natal-RN. Como maçom, Cardoso foi Grande Mestre no Piauí,  da Ordem DeMolay, um seguimento paramaconico com jovens de 13 a  21 anos. A Loja Maçônica Fraternidade Vale do Parnaíba nº 15, de  Luzilândia, enviou uma coroa de flores
NOTAS
Em razão do falecimento do Maçom Bernardo Cardoso Júnior, Past Grande Mestre Estadual do Grande Conselho Estadual da Ordem DeMolay do Piauí no período 2012-2014 e atual Presidente do Conselho Consultivo do Capítulo Pedro de Moraes Freitas - nº 745, foi decretado luto oficial no âmbito piauiense por 03 (três) dias. Conforme o Decreto nº 006/2019-2021. Recomenda-se às organizações afiliadas dediquem suas orações ao Maçom supramencionado e a sua família, como forma de justa homenagem aos primorosos trabalhos dedicados por ele à Ordem DeMolay.
Mesmo sendo membro da potencia maçônica Grande Loja Maçonica, o Eminente Grão Mestre da outra potência maçônica, Grande Oriente do Brasil(GOB), no Piauí, assim se manifestoiu: "É com profundo pesar que o GOB-PI comunica o falecimento de nosso Irmão Bernardo Cardoso Junior. Nosso valoroso Irmão foi Venerável Mestre da ARLS Fraternidade Vale do Parnaíba n 15.  Que o Grande Arquiteto do Universo o receba em Sua misericórdia."
Grão-Mestre Estadual Noé de Holanda

Fonte: Norte Piaui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Post Ads

RESPONSIVE ADS HERE

Páginas