BLOG DO ILDER COSTA


Uma jovem gestante moradora do bairro Porto de Areia, deu entrada no Hospital Municipal Lucas Veras na manhã de ontem (23/01), para a realização de um parto cesariana, durante a cirurgia o médico responsável alegou que a moça tinha vindo a óbito assim expedindo o atestado.
Familiares levaram um corpo para sua residência onde foi velado, em um determinado momento uma irmã se aproximou do caixão e pediu perdão até então a falecida, neste momento lágrimas da falecida escorreu pelo olho da mesma.


Na manhã dessa sexta-feira (24), o corpo foi levado até o cemitério onde estava programado o enterro, mais o que todos não esperavam era um grave erro médico, pois a mesma menina ainda estava viva.


Segundo testemunhas oculares, a então paciente foi encaminhada para cidade vizinha, Paulino Neves e em seguida para Barreirinhas [ informações não confirmadas ], onde foi atestado óbito.

O nome do médico ainda não foi divulgado, mais só esperamos que a justiça seja feita.
Até o fechamento desta matéria, o Hospital não divulgou uma nota oficial, não sabemos ao certo o estado de saúde da jovem que está em coma.
Breve voltaremos com mais informações e detalhes do caso


Do tribuna maranhense

1 Comentários

  1. O Médico assassino. Como é uma pessoa humilde matou sem escrúpulos. Se fosse classe média alta táva amamentando o filho agora. Filha da Puta. Cadeia nele

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem