BLOG DO ILDER COSTA
Foi o próprio assasino que indicou a Polícia onde estava o corpo.

Agnaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, confessou o assassinato da menina Emanuelle. A criança tinha apenas 8 anos de idade e desapareceu, logo após sair de casa para brincar. A motivação do crime é bárbara e, segundo Agnaldo, ele decidiu matar a criança para se vingar da mãe de Emanuelle. Como mostra o site Correio 24 Horas, o suspeito ainda revelou como ocorreu o assassinato. Os detalhes são para estômago forte. 

O homem decidiu matar a menina à facadas e, mais tarde, tentou  se livrar do corpo da garota, o jogando em um local de mata fechada, próximo a um córrego. A esperança de Aguinaldo, que confessou tudo o que teria feito, era de que a polícia não encontrasse a menina. Após tirar a vida da criança, foi o próprio assassino quem indicou onde o corpo da menina estava. 

Chamou a atenção da polícia a frieza como Agnaldo agiu. As marcas no cadáver da menina Emanuelle também surpreenderam os agentes, que são acostumados a trabalharem com esse tipo de assunto. A perícia identificou marcas de faca pelo corpo, uma nas costas e três no peito. Agnaldo foi preso e levado para a cadeia. Ele pode pegar até 30 anos de prisão, pena máxima no Brasil, já que além de assassinato, ele cometeu outros crimes. 

O homem ainda diz que estava com raiva da mãe da  menina, já que ela proibiria a garota de brincar com seu enteado. Esse teria sido o motivo da vingança de Agnaldo Guilherme. 

A principal dúvida da polícia, nesse momento, é se o homem teria abusado ou não da menina. Essa informação deve ser confirmada ou não nos próximos dias. 



Do 1news

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem