BLOG DO ILDER COSTA

Duarte Jr e deputado Zé Carlos entregam placa para Lourdes, uma das mais antigas servidoras do Sine | Divulgação

O deputado estadual Duarte Jr (PCdoB) anunciou que irá destinar emenda para o Sistema Nacional de Emprego (Sine), durante sessão solene realizada na sexta-feira (11), na Assembleia Legislativa, em homenagem ao órgão, que este ano completa 44 anos de existência e 42 anos de funcionamento no Maranhão.

O objetivo da emenda, segundo Duarte Jr, será garantir reforço para implementação das políticas públicas de geração de emprego e renda do órgão, que é vinculado à Secretaria Estadual do Trabalho e Economia Solidária (Setres). “É uma forma de não apenas reconhecer, mas fomentar e garantir cada vez mais emprego, cada vez mais oportunidades, cada vez mais desenvolvimento, como o trabalho da Setres e do SINE vem garantindo em nosso Estado”, afirmou Duarte na sessão.       

 Na ocasião, o deputado federal Zé Carlos (PT-MA) também anunciou emenda para o Sine, porque, segundo o parlamentar, o Governo Federal não manda mais recurso para o Maranhão. Zé Carlos ressaltou a importância da política de emprego do Estado, diante da crise que vive o Brasil. “Isso é fundamental num país que passa por uma recessão imensa, com mais de 12 milhões de pessoas desempregadas. Não se pode de jeito nenhum pensar em não fomentar um órgão tão importante quanto esse”.

 O secretário estadual do Trabalho e Economia Solidária, Jouberth Alves, também destacou a relevância do SINE diante do atual momento de crise do trabalho no Brasil, onde, inclusive, foi concretizado o fim do Ministério do Trabalho. “Apesar desse momento de dificuldade, o SINE tem sido um equipamento de governo de resistência do trabalhador, resistência da nossa sociedade. Junto com o Governo do Maranhão, temos implementado políticas que têm amenizado a crise na geração de emprego e renda no Estado”, disse o secretário.

Para Duarte Jr, é nas crises que se destaca quem tem criatividade e vontade política de fazer acontecer. “Na Constituição nós temos, em seu artigo 6º, os direitos sociais fundamentais, entre os quais o direito ao trabalho, que, infelizmente, não está sendo garantido ao nosso povo e, se há uma luz no fim do túnel, é por meio de órgãos como o Sine”, afirmou.

Agachados, Duarte Jr e secretário Jowberth Alves entre servidores do Sine e da Setres

Reconhecimento

A sessão solene também foi um momento de reconhecimento aos trabalhadores do Maranhão e aos servidores do Sine. O deputado Duarte Jr e o secretário Jowberth Alves entregaram placas de homenagem para as servidoras mais antigas do órgão, Sebastiana Mendonça e Maria de Lourdes, a Lourdinha, que explicou o que é, para ela, trabalhar no Sine. “Foi uma grande experiência na minha vida porque eu tive a oportunidade de ajudar muitas pessoas. Isso me enriqueceu muito, o contato com outras pessoas e, além disso, ver pessoas felizes e saber que eu contribuí com aquilo”, contou Lourdinha.       

A auxiliar de escritório Keile Rose representou os trabalhadores. Ela destacou no plenário o papel do Sine na intermediação entre as empresas e os profissionais. Quando fez seu cadastro no órgão, Keile estava há quatro anos desempregada. Um ano e meio depois, ela conseguiu uma vaga em uma ótica, onde trabalha já há 12 anos. Para os maranhenses que ainda estão em busca de um emprego, ela sugeriu que façam o cadastro no Sine e mandou um recado. “Que eles insistam, persistam e não desistam, porque um dia eles vão ser chamados também, assim como eu fui”.

Keile Rose é uma das quase 40 mil pessoas, entre homens, mulheres, jovens, adultos e idosos, que iniciaram ou regressaram ao mundo do trabalho através do Sine no Maranhão, de 2000 a 2019.  Só este ano, o Estado gerou 7.569 novos postos de trabalho com carteira assinada, sendo assim o segundo Estado que mais gerou empregos no Nordeste, ficando atrás apenas da Bahia. E esses números, segundo o IBGE, mostram que o Maranhão cresceu mais do que a média nacional. Enquanto o Nordeste cresceu 0,09% e o Brasil 1,55%, o trabalho formal no Maranhão cresceu 1,63% - e este já é o terceiro ano seguido de saldo positivo no Estado.

Compuseram a mesa da homenagem ao Sine o deputado estadual Zito Rolim (PDT), presidente da sessão; Jouberth Alves, secretário estadual de Trabalho e Economia Solidária; Zé Carlos, deputado federal (PT-MA), Kátia Almeida, secretária-adjunta municipal de Planejamento, representando a Prefeitura de São Luís; Manoel Selares, procurador-chefe do Ministério do Trabalho; Genilson Alves, subsecretário da Setres; e Joel Nascimento, presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil.




Assembleia legislativa do estado do Maranhão

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem