BLOG DO ILDER COSTA


Um bebê de apenas dois meses morreu por falta de um aparelho de nebulização na cidade de Mata Roma, a 281 km de São Luís. O caso ocorreu no último domingo (29/09), mas veio ao conhecimento do público nesta sexta-feira (04) com a divulgação de um vídeo chocante nas redes sociais.


No vídeo, a avó, segurando o bebê morto, denuncia o descaso. “Hoje é meu dia de tristeza e dor. Meu neto que faleceu por falta de material para nebulização. Comprei todos os remédios. O aparelho que a gente não tinha. Fomos na Clínica Maria da Penha. Chegamos lá, tudo fechado. Não tinha nem o vigia. Fomos na casa da enfermeira, e ela disse que não atendia dia de domingo”, relata a avó inconsolável, mostrando o neto morto e os medicamentos comprados, ao lado do caixão.

Ela acrescenta que após a peregrinação em busca de socorro, conseguiram um nebulizador com uma pessoa da cidade, mas já era tarde: o bebê já havia morrido de complicações respiratórias.

A tragédia ocorreu no povoado Bom Sucesso. Com a palavra, o prefeito de Mata Roma, Raimundo Ivaldo do Nascimento Silva, conhecido como “Bode”.






*GILBERTO LIMA

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem