SINDSERPM e professores se reúnem em defesa dos direitos da categoria em são Bernardo-MA - BLOG DO ILDER COSTA

segunda-feira, 1 de julho de 2019

SINDSERPM e professores se reúnem em defesa dos direitos da categoria em são Bernardo-MA


No ultimo domingo 30-06-2019 o SINDSERPM realizou uma  Assembleia Geral com os servidores públicos de São Bernardo-ma na escola Débora Correia Lima, e contou com a presença alem dos servidores, lideranças políticas como vereaora claudiane Garcez, participou também o presidente do sindicato dos servidores públicos de Luzilândia PIAUÍ professor Nonato,  e Também membros do SINDSERPM professora maleide Castelo Branco, professora Marinon Araújo Vaz, professor Celso alves e o professor Francisco Rodrigues.

Na assembleia realizada, os professores deliberaram pela realização de uma audiência pública, convocando toda a categoria, o Prefeito, a Secretária de educação e o Ministério público, para que se determine os critérios de rateio desses recursos, que já se encontram na conta do município, e que o prefeito apresente o plano de gasto.

Diante do exposto, o Sindicato dos Servidores Públicos de São Bernardo-MA convida todos os profissionais do magistério da Rede Municipal de Ensino e a população em geral a se posicionarem contra qualquer tentativa de suprimir direitos, pois os recursos dos precatórios do FUNDEF, deverão ser investidos na manutenção de desenvolvimento da educação, valorização e remuneração dos professores, conforme assegura a lei. Vamos lutar com todas as forças para que este dinheiro não caia em mãos  erradas e o nosso direito não seja usurpado e sim respeitado disseram os professores presentes.
A presidente do SINDICATO dos servidores públicos municipais de São Bernardo Francisca maria alves costa em entrevista ao blog sb em foco afirma que o sindicato tem travando uma luta incisiva em prol dos 60% dos recursos dos FUNDEF para os professores da rede pública municipal.
De acordo com a presidente do SINDSERPM Francisca  maria, ja foram realizadas  Várias assembleias e audiência pública na OAB e em São Luís, tendo como objetivo a defesa dos direitos dos professores. Em todas as discussões, o sindicato teve o entendimento de que os professores terão o direito a receber os recursos do antigo FUNDEF. Parte desse recurso, um valor superior a 22 milhões de reais, destinado ao município de São Bernardo-MA, refere-se às correções de valores do fundo, referente ao período de 1998 a 2006. E, por meio de uma ação impetrada pelo Ministério Público Federal, a UNIÃO teve que ressarcir vários municípios, inclusive São Bernardo.



SB EM FOCO VOCÊ É A NOTÍCIA 👨‍💻📸

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Post Ads

RESPONSIVE ADS HERE

Páginas